Ir para conteúdo

Business Intelligence no foco da Social Media Week

Equipe da A2ad analisa novidades que a conferência mundial trouxe sobre o tema

Business Intelligence no foco da Social Media Week

Entre os dias 11 e 15 de setembro, São Paulo recebeu um dos eventos mais importantes do mundo quando o assunto é inovação, redes sociais e tecnologia. A Social Media Week discutiu temas como técnicas de coletas de dados e valor dos influenciadores, e a equipe de B.I da A2ad estava lá para acompanhar tudo.  

Na palestra “Foco no Insight: potencialidades do Excel como aliado na gestão de dados”, Jaqueline Buckstegge, pesquisadora do IBPAD (Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados), apresentou procedimentos que auxiliam na análise de dados por ferramentas como Netvizz, Python e R. Também mostrou como é feita a gestão desses dados usando o Excel como ferramenta principal para limpeza da base e modelagem dos dados. Jaqueline reforçou a importância do gestor entender do negócio do cliente para realizar a análise e gerar os insights necessários.

Ao lado de Débora Zanini, também pesquisadora do IBPAD, Jaqueline ministrou a palestra “Quem é você atrás da tela: Dados e métodos de mídias sociais para pesquisa social”, que abordou processos de pesquisas e a aplicação de rigores metodológicos para validá-las. As palestrantes deixaram claro: competências complementares às de comunicação, como sociologia, são aliadas importantes na construção da metodologia mais assertiva e validação das hipóteses.  

Outro tema discutido no evento foi o valor dos influenciadores para estratégias de comunicação. Na palestra “Mídias Sociais e Influência: por que copiamos comportamentos?”, ministrada pelo professor Tiago Souza, foi abordado o conceito  POE – paid media (mídia paga), owned media (mídia própria) e earned media (mídia conquistada) –, que trata as formas como estão inseridos os trabalhos com influenciadores. O palestrante também apresentou um novo termo da moda para os comunicadores. O h2h (human to human) faz referência à forma de negócios atual, na qual se preza pela humanização dos produtos e valorização das pessoas.

Dentro do mesmo tema, o palestrante Gabriel Ishida apresentou desafios na mensuração da efetividade de influenciadores para marcas. Segundo ele, grande parte do mercado mede os resultados das campanhas apenas através do engajamento, mas isso deveria ser feito acompanhado de outras métricas.

Sempre atenta às novidades do mercado de comunicação, a A2ad desenvolve uma metodologia específica para mensuração do desempenho de influenciadores. Você pode conhecer mais sobre esse trabalho aqui.

Não quer perder nenhuma novidade?

Cadastre-se e receba o boletim semanalmente ;)

Topo